jusbrasil.com.br
28 de Outubro de 2020
2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região TRT-1 - Recurso Ordinário : RO 0000737-41.2011.5.01.0203 RJ

Detalhes da Jurisprudência
Órgão Julgador
Quinta Turma
Publicação
04/06/2014
Julgamento
20 de Maio de 2014
Relator
Roberto Norris
Documentos anexos
Inteiro TeorTRT-1_RO_00007374120115010203_08d3b.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

COTA PREVIDENCIÁRIA. COTA-PARTE DO EMPREGADO.

Nos termos dos Provimentos nº 01/96 e 02/93 do C. TST, cabe ao empregador calcular, deduzir e recolher as cotas fiscais e previdenciárias, devendo ser assegurada a dedução da cota devida pelo obreiro, calculada sobre o valor atualizado, por não ser ônus exclusivo do empregador. Recurso parcialmente provido.
Disponível em: https://trt-1.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/122618786/recurso-ordinario-ro-7374120115010203-rj