jusbrasil.com.br
17 de Setembro de 2021
2º Grau
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região TRT-1 - RECURSO ORDINÁRIO : RO 01010690620175010203 RJ

Detalhes da Jurisprudência
Órgão Julgador
Décima Turma
Publicação
19/12/2018
Julgamento
5 de Dezembro de 2018
Relator
EDUARDO HENRIQUE RAYMUNDO VON ADAMOVICH
Documentos anexos
Inteiro TeorTRT-1_RO_01010690620175010203_7484d.pdf
Entre no Jusbrasil para imprimir o conteúdo do Jusbrasil

Acesse: https://www.jusbrasil.com.br/cadastro

Ementa

RECURSO DO QUARTO RECLAMADO, CONSÓRCIO SANTA CRUZ TRANSPORTES. GRUPO ECONÔMICO. EMPRESAS INTEGRANTES DO MESMO CONSÓRCIO.

Confirmada a existência de grupo econômico, é solidária a responsabilidade pelos haveres trabalhistas. No caso em exame, a prova documental coligida aos autos comprovou, cabal e inquestionavelmente, a formação de grupo econômico entre os executados, motivo pelo qual respondem pela totalidade dos créditos trabalhistas deferidos na presente reclamatória. Recurso do consórcio, quarto reclamado, a que se nega provimento.
Disponível em: https://trt-1.jusbrasil.com.br/jurisprudencia/1112692535/recurso-ordinario-ro-1010690620175010203-rj

Informações relacionadas

Tribunal Superior do Trabalho
Jurisprudênciaano passado

Tribunal Superior do Trabalho TST - AGRAVO DE INSTRUMENTO EM RECURSO DE REVISTA : AIRR 101069-06.2017.5.01.0203

Agravante: CONSÓRCIO SANTA CRUZ TRANSPORTES Advogado :Dr. Paulo Henrique Barros Bergqvist Advogado :Dr. Natália Nery de Oliveira Advogado :Dr. Edson da Silva Costa Agravado : ROMEU FAUSTINO LAGE Advogada :Dra. Lívia Maria Iespa Agravado : EXPRESSO MANGARATIBA LTDA E OUTRO Advogado :Dr. Rodolfo de Araújo Langsdorff …
Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região
Jurisprudênciahá 4 anos

Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região TRT-1 - Agravo de Peticao : AP 0021000-60.2009.5.01.0043 RJ

GRUPO ECONÔMICO. RESPONSABILIDADE SOLIDÁRIA. CONFIGURAÇÃO. Confirmada a existência de grupo econômico, é solidária a responsabilidade pelos haveres trabalhistas. No caso em exame, a prova documental coligida aos autos comprovou, cabal e inquestionavelmente, a formação de grupo econômico entre os executados, motivo pelo …